Novas e Supernovas Extragalácticas

 

Home
Up
Cometas
Planetas e Satélites
Asteróides
Estrelas Próximas
Estrelas Duplas
Estrelas Variáveis
Estrelas Novas
Aglomerados Abertos
Aglomerados Globulares
Nebulosas Difusas
Nebulosas Planetárias
Novas e Supernovas Extragalácticas
Galáxias
Aglomerados de Galáxias
Quasares e Pulsares

 

Novas e Supernovas


No fim da vida de uma estrela diversas coisas podem acontecer, dependendo da sua quantidade de massa. Algumas sofrem perda de matéria através de pequenas explosões, que chamamos de Novas. Outras sofrem destruição completa, num evento de ordem galáctica que pode ser visto a distâncias enormes. São as Supernovas. As supernovas são eventos muito raros. Ocorrem em média a cada 500 anos em cada galáxia, segundo estimativas atuais. A última em nossa galáxia foi vista no século XVII por Kepler. Em 1987 apareceu uma supernova na Grande Nuvem de Magalhães que ficou muito famosa. Foi visível a olho nú por meses.

Supernova 2002BO com MMT 6.5m

Supernova 2002EL

Supernova 2002FK

NGC 3190 - Supernova 2002BO

UGC 5499 Supernova 2002BL

Nova na Galáxia de Andrômeda

Nova na Galáxia de Andrômeda. Posição M.Palomar

Supernova 2001bg

 

 

 

Home | Up | Cometas | Planetas e Satélites | Asteróides | Estrelas Próximas | Estrelas Duplas | Estrelas Variáveis | Estrelas Novas | Aglomerados Abertos | Aglomerados Globulares | Nebulosas Difusas | Nebulosas Planetárias | Novas e Supernovas Extragalácticas | Galáxias | Aglomerados de Galáxias | Quasares e Pulsares

This site was last updated 12/14/02